A Luta Chinesa com Augustine Zenia

A luta (Shuai Jiao) é um dos grandes pilares das artes marciais chinesas. Provavelmente a forma mais antiga de combate, a luta está presente em quase todas as culturas e continentes. Nas artes marciais chinesas diz-se que os estilos de Kungfu são sempre compostos por Ti (técnicas de pernas) Da (técnicas de mãos) Shuai (técnicas de luta) Na (técnicas de imobilizações ou chaves). Também curiosa é a relação estabelecida pelos  chineses para estas diferentes categorias de técnicas. Diz-se então que a luta (Shuai) foi desenvolvida para neutralizar as técnicas de pernas e mãos (Ti & Da), pois uma vez encurtada a distância, com os lutadores em corpo a corpo, a eficácia destas técnicas fica comprometida. Por sua vez a luta implica pegas e contacto corpo a corpo, o que expõe o lutador contra chaves e imobilizações (Na). Esta categoria foi desenvolvida para neutralizar as técnicas da luta. Por sua vez para evitar o controlo ou imobilização das técnicas com chaves, os lutadores usariam a distância para poderem golpear com as mãos e pernas (Ti & Da). Desta forma os lutadores completam o circulo.

A luta chinesa é a raiz de muitas formas de luta noutras culturas, embora partilhe muitos conceitos, tem uma identidade e filosofia própria, e isso é bem evidente na metodologia de treino, sistemas de competição e nas técnicas.

Conscientes da complexidade e riqueza da luta chinesa, escolhemos aprender e treinar com os melhores.

Augustine Zenia, Campeão do Mundo, aluno do Grande Mestre Yuan Zumou.